quarta-feira, 29 de outubro de 2014

CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL DE DIRETOR DE ESCOLA ESTADUAL - EDITAL SEE Nº 03/2014

A Secretária de Estado de Educação de Minas Gerais, no uso de suas atribuições e considerando o disposto no Decreto Estadual nº 44.871, de 07 de agosto de 2008, e na Resolução SEE nº 1.812, de 22 de março de 2011, republicada em 15 de abril de 2011, divulga normas relativas ao Processo de Certificação Ocupacional de Diretor de Escola Estadual.

1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 
1.1 O processo de Certificação Ocupacional de Diretor de Escola Estadual será regido por este Edital, por seus anexos, avisos, atos complementares e eventuais retificações, sendo sua execução de responsabilidade da CKM Serviços Ltda, contratada pela Secretaria de Estado de Educação (SEE) para este fim, observadas as normas deste Edital e a legislação citada no preâmbulo. 
1.2 Antes de efetuar o procedimento de inscrição, o candidato deverá tomar conhecimento do disposto neste Edital e nos seus Anexos, e certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos. 
1.3 É de inteira responsabilidade do candidato acompanhar no endereço eletrônico www.educacao.mg.gov.br a publicação e divulgação de todos os atos, editais e comunicados referentes a esta Certificação Ocupacional.
 1.4 A Certificação Ocupacional tem por finalidade aferir e atestar, através de uma avaliação formal, objetiva e generalizada, habilidades técnicas e conhecimentos mínimos necessários ao exercício do cargo de Diretor de Escola Estadual, com o objetivo de favorecer o desenvolvimento da educação, provendo as Escolas Estaduais com profissionais reconhecidamente qualificados e tecnicamente habilitados para o desenvolvimento das políticas educacionais. 
1.5 O processo de Certificação Ocupacional não constitui concurso público para investidura em cargo ou função pública, assim como não assegura ao candidato direito à ocupação ou nomeação no cargo, limitando-se a credenciar, junto à SEE, os profissionais certificados, na forma deste Edital, para a formação de banco de potenciais candidatos ao cargo de Diretor de Escola Estadual. 
1.6 O credenciamento obtido no processo de Certificação Ocupacional terá validade de quatro anos, a contar da data da publicação do resultado final no Diário Oficial dos Poderes do Estado “Minas Gerais”.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO DE HISTÓRICO ESCOLAR EJA/CESEC

INSTRUÇÃO SEE/SOE/DFRE No 1/2014



A Superintendência de Organização e Atendimento Educacional, através da Diretoria de Funcionamento e Regularidade da Escola, orienta o preenchimento do formulário do Histórico Escolar/Certificado da Educação Básica referente a Cursos do Ensino Fundamental (Anos Finais) e Ensino Médio na modalidade de Educação de Jovens e Adultos, no Centro Estadual de Educação Continuada – CESEC.


FINALIDADE
O Histórico Escolar/Certificado de Conclusão da Educação Básica referente a cursos realizados na modalidade de Educação de Jovens e Adultos
- Ensino Fundamental e Ensino Médio será emitido ao aluno que concluir o Curso ou Componentes Curriculares desses níveis de ensino nos Centros Estaduais de Educação Continuada – CESEC.

RESPONSÁVEL PELO PREENCHIMENTO DO HISTÓRICO ESCOLAR/CERTIFICADO
O preenchimento desse formulário será de responsabilidade do Secretário Escolar do Centro Estadual de Educação Continuada – CESEC, devidamente autorizado para desempenhar a função.

INSTRUÇÕES GERAIS
O formulário que contém o Histórico Escolar/Certificado de Conclusão da Educação Básica - Ensino Fundamental e/ou Ensino Médio deverá ser preenchido com dados de identificação do Centro Estadual de Educação Continuada - CESEC e do aluno, bem como especificações de sua vida escolar.
O formulário deverá ser preenchido em 2 (duas) vias. Uma via deverá ser expedida para o estudante imediatamente e, em situação excepcional, em até 30 (trinta) dias a partir da solicitação. A outra via deverá ser arquivada na pasta individual do mesmo para comprovação de seus estudos.
No documento, todos os espaços não preenchidos deverão ser inutilizados com traço.
Não terá validade o documento que apresentar rasuras ou que não vier acompanhado do histórico escolar que comprove estudos do curso regular.

Saeb - Dicas e simulados

O Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) tem como principal objetivo avaliar a Educação Básica brasileira e contribuir para a melhoria de sua qualidade e para a universalização do acesso à escola, oferecendo subsídios concretos para a formulação, reformulação e o monitoramento das políticas públicas voltadas para a Educação Básica. Além disso, procura também oferecer dados e indicadores que possibilitem maior compreensão dos fatores que influenciam o desempenho dos alunos nas áreas e anos avaliados.

O Saeb é composto por três avaliações externas em larga escala:
Avaliação Nacional da Educação Básica – Aneb;
Avaliação Nacional do Rendimento Escolar - Anresc (também denominada "Prova Brasil");
A Avaliação Nacional da Alfabetização – ANA.

Abaixo apresentamos exemplos de questões e as questões comentadas para que todos possam conhecer melhor como é o teste da Anresc (Prova Brasil).

Exemplos de questões



Comentários das questões


Diferentemente das provas aplicadas costumeiramente em sala-de-aula, a Aneb e Anresc (Prova Brasil) são construídos metodologicamente para avaliar sistemas de ensino e não alunos. São avaliações em larga escala cujo objetivo é avaliar a qualidade dos sistemas educacionais a partir do desempenho dos alunos nas provas.

O que cai nas provas?

A Aneb e Anresc (Prova Brasil) são avaliações elaboradas a partir de matrizes de referência. A matriz é um documento que descreve as orientações para a elaboração das questões. Ela reúne o conteúdo a ser avaliado em cada disciplina e série, dando transparência e legitimidade ao processo de avaliação.

Faça o download das matrizes de referência em Língua Portuguesa e Matemática.

Questionário do aluno


 


   
 

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Governador eleito de Minas Gerais concede entrevista à TV Candidés

Fernando Pimentel, Governador eleito nas últimas eleições no Estado de Minas Gerais, fala sobre prioridades de sua administração e seus projetos em Minas e especialmente para a região centro-oeste.

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDIVIDUAL DO ALUNO

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS
SUBSECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO
SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO
DIRETORIA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL


 

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDIVIDUAL DO ALUNO
Basicamente, duas vertentes avaliatórias têm norteado as práticas pedagógicas no âmbito escolar. A tradicional, de caráter classificatório/quantitativo e a formativa, de cunho diagnóstico, processual, contínuo e sistêmico.

A avaliação classificatória busca uma taxinomia hierarquizada dos alunos, mediante a aferição de seus rendimentos, que são quantificados em relação a uma padrão preestabelecido de desempenho acadêmico e comportamental. Essa ótica avaliatória aloca unicamente no aluno a responsabilidade pelos resultados do processo educacional, bastando ao sistema utilizar didáticas e metodologias fixas e padronizadas – o sucesso ou fracasso da relação pedagógica dependerá, no caso em questão, da capacidade e do mérito de cada aluno.

domingo, 12 de outubro de 2014

RESOLUÇÃO SEE Nº 2.714, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014



Estabelece, para a Rede Pública Estadual de Educação Básica, o Calendário Escolar para o ano de 2015.

A SECRETÁRIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições, considerando o disposto na Lei nº 9.394/96, na Resolução SEE nº 2.197/2012 e tendo em vista a necessidade de organização e funcionamento das escolas estaduais em 2015,
RESOLVE:

Art. 1º O Calendário Escolar, respeitadas as normas legais, deve ser elaborado pela escola, discutido e aprovado pelo Colegiado e amplamente divulgado, cabendo ao Serviço de Inspeção Escolar supervisionar o cumprimento das atividades nele previstas, de acordo com as normas da Secretaria de Estado de Educação.
Parágrafo único. Recomenda-se, respeitando a autonomia das redes municipais de ensino, que o Calendário Escolar seja compatibilizado entre as escolas públicas de um mesmo município, resguardando o interesse dos alunos e viabilizando o melhor gerenciamento do transporte escolar.

sábado, 4 de outubro de 2014

Divulgação dos resultados das ELEIÇÕES 2014


http://divulga.tse.jus.br/
Assim que for encerrada a votação, você eleitor, poderá acompanhar a apuração em tempo real de qualquer parte do Brasil. 

 Esse sistema de divulgação é chamado DivWeb, ele é produzido pela Justiça Eleitoral para possibilitar o acompanhamento dos resultados de votação dos candidatos pela Internet, sem necessidade de instalação de qualquer software. Ele permite a visualização dos dados por meio da consulta de votação nominal, a qual apresenta o quantitativo de votos totalizados para cada candidato e a indicação dos eleitos ou dos que foram para segundo turno. Também é possível realizar consultas apenas na abrangência da totalização do cargo. Não são apresentados resultados de votação em trânsito, nem de votação no exterior para o cargo de presidente. Além disso, não é apresentada votação de candidatos indeferidos com recurso ou cassados com recurso.

Clique na imagem acima para ter acesso ao resultado da apuração de votos nas ELEIÇÕES 2014.