sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Candidatos a bolsas remanescentes do Prouni podem se inscrever até o dia 26 de agosto

 PROUNI - Bolsas remanescentes

Qual o período de inscrições para as bolsas remanescentes do ProUni?

Os estudantes ainda interessados em conseguir bolsas de estudos do Programa Universidade para Todos (ProUni) têm prazo até o dia 26 de agosto para fazer a inscrição on line e se candidatar às vagas remanescentes do processo seletivo referente a este segundo semestre. Esse é o prazo para o estudante não matriculado na instituição de educação superior na qual pretende se inscrever. Para os candidatos que já estudam na instituição, mas não têm a bolsa e pretendem obtê-la, o prazo vai até 14 de novembro.


Pode fazer a inscrição o candidato que tenha feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015 e alcançado pontuação mínima de 450 pontos. Além disso, não pode ter tirado zero na redação.


Voltado para estudantes que fizeram o Ensino Médio em escola pública ou na rede particular com bolsa integral e para pessoas com deficiência, o ProUni oferece bolsas de 100% a candidatos com renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. A bolsa parcial é destinada àqueles com renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.


Também podem participar do processo seletivo os professores em efetivo exercício do magistério da educação básica integrantes de quadro de pessoal permanente de instituição pública. Eles concorrem exclusivamente a bolsas para cursos de licenciatura. Nesse caso, não é necessário comprovar renda.



Quem pode se inscrever às bolsas remanescentes do ProUni?


Pode se inscrever às bolsas remanescentes do Prouni 2º/2016 o candidato que atenda a uma das condições a seguir:
- seja professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrando o quadro de pessoal permanente da instituição pública, para os cursos com grau de licenciatura destinados à formação do magistério da educação básica; ou
- tenha participado do Exame Nacional do Ensino Médio - Enem, a partir da edição de 2010, e obtido, em uma mesma edição do referido exame, média das notas nas provas igual ou superior a 450 pontos e nota superior a zero na redação.
Para concorrer às bolsas integrais, o candidato deve ter renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais de 50%, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa. Além disso, o candidato deve satisfazer a pelo menos um dos requisitos abaixo:
- ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em escola da rede particular na condição de bolsista integral da própria escola;
- ser pessoa com deficiência; ou
- ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrando o quadro de pessoal permanente da instituição pública e concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura. Nesse caso, não é necessário comprovar renda.

Qual o período de inscrições para as bolsas remanescentes do ProUni? 



As inscrições estarão abertas a partir do dia 01 de agosto de 2016 e poderão ser realizadas:
a) até o dia 26 de agosto de 2016: caso o candidato não esteja matriculado na instituição em que deseja se inscrever; ou
b) até o dia 14 de novembro de 2016: caso o candidato já esteja matriculado na instituição em que deseja se inscrever.

3.4 - Como fazer a inscrição para a bolsa remanescente do Prouni?
A inscrição é gratuita e efetuada exclusivamente pela internet, acessando a página do Prouni no endereço eletrônico http://siteprouni.mec.gov.br.

Antes de iniciar a inscrição, o candidato deve se cadastrar no sistema de bolsas remanescentes.

No cadastro, o candidato deve informar o seu CPF e a sua data de nascimento. A partir desses dados, o sistema automaticamente verificará se o candidato participou do Enem, a partir da edição de 2010, e se obteve, em uma mesma edição do referido exame, média das notas nas provas igual ou superior a 450 pontos e nota superior a zero na redação.

Havendo registro de participação no Enem, o sistema pedirá que o candidato cadastre uma senha, com a qual acessará o sistema para se inscrever às bolsas remanescentes, e que informe um e-mail válido, para o qual será enviado o link de ativação do cadastro.
O professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e do quadro de pessoal permanente da instituição pública, pode se inscrever para bolsas nos cursos com grau de licenciatura independentemente de ter participado do Enem. Assim, basta que o candidato informe que é professor para prosseguir com o seu cadastro.

Após a ativação do cadastro, o candidato deve acessar o sistema de inscrição informando o seu CPF e a senha cadastrada.


Postagem anterior
Próximo

Marketing Digital. Seja encontrado na internet e aumente seus clientes https://www.facebook.com/padconsult/
Seja você também um autor deste blog. Saiba mais em Parcerias

0 comentários: