segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Resultados individuais do Enem 2014 estarão disponíveis na terça-feira (13)

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014 poderão conferir as notas obtidas no exame a partir desta terça-feira, 13, no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O resultado possibilita aos estudantes concorrer a uma vaga na educação superior pública por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do Ministério da Educação. A inscrição para a primeira edição de 2015 do Sisu está restrita àqueles que não tenham tirado nota zero na redação.

Na primeira edição de 2015 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) serão ofertadas 205.514 vagas, em 5.631 cursos de 128 instituições públicas de educação superior. As inscrições serão abertas no dia 19 próximo. O prazo vai até às 23h59 do dia 22.




 Do total de 63 univer
sidades federais, 59 participam do Sisu neste primeiro semestre. Todos os 38 institutos federais de educação, ciência e tecnologia e os dois centros federais de educação tecnológica (Cefet) oferecem vagas pelo sistema. A consulta pública às vagas desta edição do Sisu será liberada na segunda-feira, 12, na página do sistema na internet.

Cotas — A reserva de vagas conforme a Lei de Cotas (Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012) é implementada gradualmente (12,5% a cada ano, desde 2013), até alcançar o percentual de 50% em 2016. Este ano, o percentual mínimo a ser reservado pelas instituições para os estudantes de escola pública é de 37,5%. No entanto, do total de 99 instituições federais participantes do sistema (59 universidades e 40 instituições de educação profissional), 68 já reservam 50% ou mais para egressos de escolas públicas.

As inscrições serão feitas na página do Sisu na internet.


Fonte:Assessoria de Comunicação Social do INEP
Postagem anterior
Próximo

Marketing Digital. Seja encontrado na internet e aumente seus clientes https://www.facebook.com/padconsult/
Seja você também um autor deste blog. Saiba mais em Parcerias

0 comentários: